Tipos de moradia no Brasil: alvenaria, madeira, blocos de concreto e containers

O Brasil apresenta uma diversidade de tipos de moradia, que variam desde estruturas mais tradicionais em alvenaria, até alternativas mais alternativas e sustentáveis como as casas de madeira, de tijolo de solo cimento e de container. As construções em alvenaria são as mais comuns, sendo utilizadas para a construção de casas, sobrados, edifícios comerciais e residenciais, enquanto as casas de madeira são uma opção geralmente mais econômica e ecológica. As construções em blocos de concreto oferecem resistência e durabilidade, podendo ser utilizadas para construção de casas, edifícios comerciais e industriais, e os containers têm se popularizado como uma opção alternativa e sustentável para a construção de casas.

As moradias no Brasil são diversas, atendendo diferentes necessidades. Para quem está pensando em reformar, é importante lembrar das calculadoras de reformas do Quanto Custo Reformar. Elas oferecem uma planilha completa com os custos de materiais e mão de obra, além das quantidades corretas para compra, facilitando o planejamento e execução da reforma da sua residência.

No Brasil, os principais tipos de moradia por estrutura incluem:

Alvenaria

Os tipos de moradia em alvenaria são aqueles construídos com tijolos, blocos ou pedras.

Geralmente as construções em alvenarias são estruturadas com pilares e vigas de concreto armado, mas podem ser construídas também como alvenarias estruturais, que dispensam a utilização de pilares e vigas.

As moradias em alvenaria no Brasil possuem como vantagem a facilidade de mão de obra para execução. A equipe para execução de uma moradia em alvenaria geralmente é composta por mestre de obras, pedreiros, serventes e ajudantes. Geralmente esses profissionais se qualificam com a prática construtiva, embora haja muitos profissionais que busquem aperfeiçoamento constante, principalmente os pedreiros e os mestres de obras, melhorando a qualidade na execução dos serviços e a previsibilidade da obra.

Aliás a falta de previsibilidade em obras residenciais com alvenaria é um fator que gera as maiores dores de cabeça para os futuros moradores, por isso é importante ter um escopo bem definido dos serviços, com prazos e responsabilidades de cada profissional envolvido. Além disso, deve-se evitar alterar projeto durante a execução da obra.

Outra vantagem da moradia de alvenaria é a facilidade para realizar futuras reformas, alterando o espaço existente ou ampliando, pois a demolição ou construção de paredes de alvenaria geralmente não requer complexidade.

De uma maneira geral, as moradias em alvenaria no Brasil são classificadas das seguintes formas:

  1. Casa: é uma estrutura autônoma. As casas de alvenaria podem ter um ou vários andares, e podem ser unifamiliares ou multifamiliares.
  2. Sobrado: é uma casa com dois ou mais andares, geralmente construída em alvenaria, com a área social no térreo e os quartos no andar superior.
  3. Edifício: é uma construção de vários andares que abriga vários apartamentos, lojas ou escritórios. Os edifícios podem ser construídos em alvenaria e ter uma variedade de acabamentos, como revestimento de cerâmica, granito ou mármore.

Esses são alguns exemplos de tipos de moradia construídos em alvenaria. É importante ressaltar que as construções em alvenaria são geralmente duráveis e resistentes, mas é importante garantir que a construção seja bem executada e que haja manutenção adequada para garantir a segurança e a durabilidade da estrutura.

Madeira

As construções em madeira no Brasil ocorrem com mais frequência na região sul e na região norte próximo da floresta amazônica.

Os tipos de moradia em madeira podem utilizar-se de sistemas pré-fabricados compostos por kits de construção, o que é uma grande vantagem quanto a previsibilidade de custos e serviços da obra.

Os kits de madeira normalmente são de madeira pinus ou eucalipto tratado, que são madeiras com alto nível de sustentabilidade uma vez que as árvores desses tipos de madeira permitem um bom manejo rotativo, visto que o tempo de plantio, crescimento e corte é relativamente rápido comparado a outras espécies. Ou seja é um material renovável, que durante parte do seu ciclo de vida auxilia na redução de gás carbônico e emissão de oxigênio.

Na região Norte do Brasil há uma variedade maior de espécies de madeira para construção de moradias.

Dessa forma, é fundamental exigir o Documento de Origem Florestal exigido pelos órgãos de controle e fiscalização.

Abaixo podem ser observados os tipos de madeiras mais indicados para construção de moradias na região norte do Brasil, conforme recomendações do Ministério das Cidades (Portaria nº 318 de 12 de junho de 2014).

Tipos de madeiras mais indicados para forro e pilares:

Tipos de madeiras mais indicados para portais, caixilhos, portas e janelas:

Tipos de madeiras mais indicados para pisos e paredes, vigas e estruturas de cobertura:

Aqui denominações comuns utilizadas para moradias em madeira:

  1. Casa de madeira: é uma estrutura autônoma construída com madeira, geralmente pinus ou eucalipto tratados, com características arquitetônicas específicas, como telhado inclinado e varandas. As casas de madeira podem ter um ou vários andares e serem unifamiliares ou multifamiliares.
  2. Chalé: é uma casa de madeira ou alvenaria, geralmente localizada em áreas rurais ou montanhosas, com características arquitetônicas específicas, como telhado inclinado e varandas.
  3. Cabana: é uma pequena casa de madeira, geralmente utilizada como refúgio em áreas de lazer ou em locais afastados da cidade.
  4. Bangalô: é uma casa térrea de madeira, geralmente com varanda ao redor, e muito comum em áreas litorâneas.

É importante ressaltar que as construções em madeira podem ter um menor custo inicial em comparação com as construções em alvenaria, mas requerem manutenção adequada para garantir a segurança e a durabilidade da estrutura, além de proteção contra cupins e outros insetos que se alimentam da madeira.

Blocos de Concreto

As moradias construídas com blocos de concreto são na verdade também moradias de alvenaria. A diferença é que o bloco de concreto normalmente é utilizado como alvenaria estrutural, diminuindo os custos com a estrutura da moradia ( pilares e vigas).

As moradias com bloco de concreto podem ser mais econômicas que as moradias com alvenaria convencional, uma vez que não requerem a utilização de formas de madeira para execução de pilares e vigas. As formas de madeira usualmente representam um custo significativo no orçamento de uma obra residencial.

Outra vantagem das moradias com bloco de concreto ( alvenaria estrutural) é que a fundação requerida é do tipo direta e rasa, normalmente utiliza-se fundação do tipo radier. O radier é uma fundação que já o faz papel da laje de piso, é como se fosse a laje de piso armada estruturalmente e em contato direto com o solo.

Caso opte-se por fazer uma obra ainda mais econômica, pode-se eliminar a aplicação de chapisco, emboço e reboco, no bloco de concreto e aplicar apenas uma pintura texturizada ou massa de gesso para um acabamento mais refinado.

Container

As casas de container são um tipo de moradia que tem se tornado cada vez mais popular no Brasil. Trata-se de uma estrutura construída a partir de containers de carga marítima, que são reaproveitados como elementos da construção. Aqui estão alguns exemplos de casas de container no Brasil:

  1. Casa container tradicional: é a estrutura mais comum, que consiste em um ou mais containers unidos e reformados para se tornar uma casa. Os containers podem ser usados para criar diferentes ambientes, como salas, quartos, banheiros e cozinhas.
  2. Casa container sobreposta: é uma estrutura onde um container é colocado sobre o outro, criando um ambiente de dois andares. Geralmente, o container superior é utilizado como dormitório, enquanto o inferior é utilizado como sala de estar ou cozinha.
  3. Casa container retrátil: é uma estrutura que utiliza containers com partes retráteis, permitindo que a casa seja expandida ou reduzida de acordo com a necessidade do morador.
  4. Casa container flutuante: é uma estrutura construída em cima de uma base flutuante, geralmente utilizada em áreas próximas a rios ou lagos.

Esses são alguns exemplos de casas de container no Brasil. É importante ressaltar que a construção de uma casa de container requer um projeto bem elaborado, com a devida atenção à ventilação e isolamento térmico, além de uma estrutura adequada para garantir a segurança e a durabilidade da moradia.

Outro ponto a se observar para uma moradia em container é a disponibilidade de containers na região. Normalmente em áreas litorâneas ou polos industriais é mais abundante, diminuindo o custos para a aquisição e transporte até o local de implantação da moradia.

Assine a nossa newsletter

    [mailpoetsignup mailpoetsignup-85 list:3 default:on]

    Artigos Relacionados

    • Reforma de Casa Após Enchente: Um Guia Completo

      Ver mais
    • Portas de Correr: 10 dicas de um especialista para você não errar

      Ver mais
    • 10 Ideias de Banheiros Simples e Bonitos para Inspirar Sua Reforma

      Ver mais
    bot-image

    Olá 👋 Quer saber os custos da sua reforma?

    -

    Wait a moment

    Reformabot
    Offline